Pesquisar neste blog

9 de jun de 2014

PR/Bandeirantes – Prefeitura implanta nota fiscal eletrônica




Curso de Faturamento – www.carlosalbertogama.com.br






Tecnologia já adotada em algumas cidades do Norte Pioneiro aposenta os antigos talões de notas das empresas prestadoras de serviços

Bandeirantes - O uso de talões para emissão de nota fiscal nas empresas de prestação de serviços é coisa do passado nas principais cidades do Norte Pioneiro, onde as prefeituras estão modernizando o sistema tributário com a implantação da nota fiscal eletrônica. No novo formato, as notas são emitidas por um sistema de computador e podem ser encaminhadas ao cliente por e-mail. 


A adoção da nova tecnologia é mais recente em Bandeirantes, onde o sistema começou a funcionar de forma obrigatória no começo deste mês, por força de uma lei municipal, depois de um período de três meses de adaptação para as empresas. 



O diretor da divisão de receita e arrecadação da Prefeitura de Bandeirantes, Antonio Donizeti de Souza, afirma que a inovação trouxe mais transparência e maior agilidade ao processo porque, a partir de agora, o Executivo sabe exatamente o quanto vai arrecadar de Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN). A data de recolhimento do imposto pelas empresas continua a mesma. No caso de Bandeirantes, o dia 20 do mês seguinte ao exercício. 



A mudança atingiu cerca de 500 empresas prestadoras de serviços que têm inscrição municipal em Bandeirantes e outras 600 optantes do programa Micro Empreendedor Individual (MEI). Souza destaca que a prefeitura está fazendo um levantamento para saber exatamente qual o percentual de contribuição do ISSQN no total da receita do município. Outro tributo municipal é o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). 



Para Souza, a adoção do novo sistema trouxe mais benefícios para o consumidor pois a nota representa a garantia do serviço prestado e pode ser usada no caso de uma reclamação. 



A empresária Madalena Bansho, dona de uma recauchutadora de pneus, está satisfeita com a nova tecnologia, mas afirma que a empresa ainda está se adaptando aos novos tempos. Para ela, uma das vantagens é evitar o acúmulo de caixas com blocos de notas fiscal. Em sua opinião, não houve muita mudança para o consumidor, que tanto pode levar uma cópia da nota impressa na hora como acessar a nota em qualquer computador usando um código específico. 



Outros municípios
Na área de abrangência da Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunop) apenas as prefeituras de Bandeirantes e Cornélio Procópio já implantaram a nota fiscal eletrônica. Para o assessor de planejamento da entidade, Vanderson de Oliveira, a adoção da nova tecnologia é viável também em municípios menores, embora não haja nenhuma movimentação nesse sentido. 



A assessoria da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) informa que o sistema já foi adotado nas cidades de Jacarezinho e Santo Antônio da Platina.



Fonte: Folha Web

Cursos, livros e apostila na área de faturamentowww.carlosalbertogama.com.br
Recebas nossas atualizações no Facebookclique aqui
Editado por Carlos Gama

Recomendamos:
Portal Universidade SPED – www.unisped.com.br / Matérias e Notícias sobre SPED
Blog do Carlos Gama – www.carlosgama.net / Matérias e notícias na área tributária
Fórum Contadores – www.forumcontadores.com.br / Matérias e notícias da área contábil

Nenhum comentário:

Postar um comentário