Pesquisar neste blog

31 de jan de 2017

GO - Nota Goiana dará prêmio de R$ 50 mil para entidades sociais

A partir de hoje (30/01) todos os consumidores inscritos no Programa Nota Fiscal Goiana podem acessar o site do programa para indicar uma entidade social que poderá ganhar prêmio em dinheiro a partir de março. A entidade que ganhará o prêmio mensal de R$ 50 mil será aquela escolhida pelo ganhador do prêmio principal de R$ 200 mil, porém essa escolha deve ser anterior ao sorteio e, por isso, o sistema já está disponível para que todos façam sua escolha.  Na lista, disponibilizada no site do programa, constam 477 entidades que atuam em 102 municípios goianos. 

O coordenador da Nota Goiana, Leonardo Vieira de Paula, ressalta que a escolha da entidade dever ser feita antes do sorteio. Sendo assim, todos os consumidores inscritos na Nota Goiana devem acessar www.nfgoiana.sefaz.go.gov.br, fazer seu login e indicar a instituição de sua preferência (veja abaixo a janela). Leonardo explica que nessa relação estão as entidades filantrópicas cadastradas na Secretaria Cidadã, que é o órgão responsável pela assistência social no Estado. “Outras entidades interessadas em se cadastrar, devem procurar a Coordenação de Acompanhamento e Apoio às Entidades Filantrópicas da Secretaria Cidadã”, explica Leonardo. 

Leonardo explica que, caso o ganhador do prêmio principal não escolha a entidade até o sorteio, o prêmio será sorteado entre as entidades selecionadas pelos outros 150 prêmios menores da mesma edição – 50 de R$ 1 mil e 100 de R$ 500. E, se nenhum premiado indicar uma entidade, a Sefaz fará um sorteio entre todas as entidades cadastradas.  

Outras mudanças – A inclusão de entidade social é uma das mudanças implementadas pela Nota Goiana em 2017. Além dela, o número de prêmios passou de 40 para 151, mensalmente, num total de R$ 300 mil. Outra mudança foi em relação ao desconto do IPVA para 2018 que agora será progressivo e poderá chegar a 10% conforme a quantidade de bilhetes acumulados pelo participante. 

Comunicação Setorial - Sefaz

Nenhum comentário:

Postar um comentário